Literatura Infantil /

O menino que guardava as palavras na barriga

Juva Batella / Ilustrações: Fabiana Salomão

Autor: Juva Batella / Ilustrações: Fabiana Salomão

ISBN 10:859952030X

ISBN 13:9788599520307

Gêneros:Literatura Infantil /

Edição:

Páginas:56

Formato:brochura, 16 x 23 cm

Peso:135 g

R$ 30,00
Opções de Compra
Comprar Livro IMPRESSO

Livro infantojuvenil, baseado na lenda do povo Dogon, da África Ocidental, que liga diretamente as palavras à continuidade da vida

 

Joaquim de Andrade Gomes da Silva Pereira Barreto é um menino de sete anos que fala mais que a boca. Seu apelido é Joaquinzinho, mas ele dá um jeito de aumentar: gosta de ser chamado de Joaquinzinho Quinzinhozinho.

Quando sua família vai de férias para um hotel fazenda, ele conhece dona Clara, que os recepciona logo na chegada. Ela conta a Joaquim a história do velhinho do chapéu verde, um homem que “pegava” o nome de todas as pessoas.

A curiosidade leva Joaquim a investigar melhor essa história, e descobre que o velhinho gostava de saber o nome de todo mundo porque acreditava que as pessoas nascem com um estoque de palavras na barriga. Depois que gastam essas palavras, a pessoa morre. O velhinho achou que, “pegando” os nomes e as histórias de todos com quem encontrasse, sua barriga voltaria a se encher de palavras.

Joaquinzinho fica impressionado e resolve parar de falar e começar a ouvir mais, para estocar palavras. Mas talvez nada disso seja necessário, pois se ele ler, sua barriga se encherá de palavras e histórias e ele poderá viver por muito tempo.

Juva Batella / Ilustrações: Fabiana Salomão


Sobre o autor:

Juva Batella nasceu em junho de 1970, no Brasil, mas vive em Portugal. Publicou o romance O verso da língua (Revan, 1995), o livro de memórias Confissões de um pai doméstico (Planeta, 2003) e a dissertação de mestrado Quem tem medo de Campos de Carvalho? (7 Letras, 2004). Teve seu conto “A cabine” adaptado para a série Brava Gente, da TV Globo. É doutor em Literatura Brasileira, com uma tese sobre a vida e a obra de João Ubaldo Ribeiro.

Sobre a ilustradora:

Fabiana Salomão nasceu a ilustrar ainda durante a faculdade de Belas Artes, em São Paulo. Foi quando descobriu que tinha a barriga cheinha de desenhos querendo pular para o papel, e desde então já ilustrou dezenas de livros, entre eles A garota judia (Vida, 2004), O menino que furou o céu (Scipione, 2005), O mistério da gaveta (Saraiva, 2005) e Receitas nojentas ideias bolorentas (Melhoramentos, 2006).

Veja também