Carregando... Por favor, aguarde...

Requerimentos para todos PC

  • Imagem 1
  • Imagem 2

Águas Doces no Brasil: capital ecológico, uso e conservação

Aldo da Cunha Rebouças / Benedito Braga / José Galizia Tundisi (organizadores)
ISBN:
9788575314517
Selo:
Autor:
Aldo da Cunha Rebouças / Benedito Braga / José Galizia Tundisi (organizadores)
Páginas:
732
Edição:
Formato:
capa flexível, ilustrado, 21 x 28 cm
ISBN10:
8586303410
Peso:
1,600 kg
de R$120,00
R$60,00
versão impressa

DESCRIÇÃO

A questão da água apresentada com profundidade pelos melhores profissionais do Brasil
4ª edição revisada e atualizada
Obra incluída no PNBEM 2008 (Programa Nacional Biblioteca da Escola para o Ensino Médio), do Ministério da Educação, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE.

Águas Doces no Brasil (selo Escrituras), agora em 4ª edição (revisada e atualizada) vem mostrar, por meio de artigos de autoridades no assunto, que o problema da água no Brasil e no mundo tem solução. O livro, editado pela primeira vez em 2000, transformou-se em obra de referência e a 3ª edição (2006) contou com a apresentação da então ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

As preocupações com o ambiente e com a água, em particular, têm adquirido especial importância, pois as demandas estão se tornando cada vez maiores, sob o impacto do crescimento acelerado da população e do maior uso da água, imposto pelos padrões de conforto e bem-estar da vida moderna. Entretanto, a qualidade das águas, dos ecossistemas e da vida, em geral, vem sendo degradada de uma maneira alarmante, e esse processo pode logo ser irreversível, sobretudo nas áreas mais densamente povoadas dos países emergentes, como o Brasil.

Deve-se considerar que toda a água da Terra não é utilizável para consumo humano e desenvolvimento de suas atividades socioeconômicas. Vale destacar que, entre os seis países do mundo de dimensões continentais, o Brasil é o único sob condições dominantes de clima tropical úmido, resultando na maior descarga de água doce distribuída numa rede hidrográfica perene das mais extensas e densas, e na maior extensão de pantanais ou encharcados (38 áreas com 60 milhões de hectares de superfície total).

As alternativas de uso integrado e conservação das águas – atmosféricas, superficiais e subterrâneas – tanto em termos quantitativos quanto qualitativos, como de manutenção dos ecossistemas naturais, são, regra geral, as mais promissoras.

O objetivo deste trabalho é estimular a migração do Brasil-problema para o Brasil-potencial. Para tanto, o que mais falta não é água, mas determinado padrão cultural que agregue ética e melhore a eficiência do desempenho político dos governos, da sociedade em geral, das empresas públicas e privadas, promotoras do desenvolvimento, em geral, e dos recursos hídricos, em particular.

O livro Águas Doces no Brasil é composto de 23 capítulos e aborda a água doce no Brasil e no mundo, desenvolvimento sustentável,  recuperação de ecossistemas, meio ambiente e saúde, saneamento básico, agricultura e pecuária, indústria, hidreletricidade, navegação, ecoturismo, o gerenciamento de recursos hídricos, como também a questão no Direito Brasileiro (as Legislações Municipais, o Código  de Águas, a história das águas doces nas Constituições Brasileiras, Acordos e Tratados Internacionais) e muitos outros temas pertinentes.

Organização e coordenação científica:

Benedito Braga 

Engenheiro Civil – Escola de Engenharia de São Carlos da USP

Mestre em Engenharia Hidráulica – Escola Politécnica da USP

M.Sc. em Hidrologia – Stanford University, EUA

Ph.D. em Recursos Hídricos – Stanford University, EUA

Livre-Docente – Escola Politécnica da USP

Professor Titular da USP

Secretário de Estado de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo

Presidente do World Water Council – WWC

Foi Diretor da Agência Nacional de Águas – ANA

Foi Presidente da International Water Resources Association – IWRA

Foi Presidente da Associação Brasileira de Recursos Hídricos – ABRH

Foi Presidente do Conselho Intergovernamental do Programa Hidrológico Internacional da UNESCO

Recebeu o  Crystal Drop Award em 2002 pela International Water Resources Association

Recebeu o título de Honorary Diplomate da American Society of Civil Engineers – EUA em 2012 

Linhas de pesquisa:

            Planejamento de Recursos Hídricos

            Gestão Integrada de Recursos Hídricos

            Teoria de Decisão Aplicada a Recursos Hídricos e Meio Ambiente

            Operação de Sistemas de Reservatórios com Usos Múltiplos

 

Aldo da Cunha Rebouças (1937-2011)

Geólogo – Escola de Geologia do Recife/CAGE - Universidade Federal de Pernambuco
Mestre em Hidrogeologia – Université Strasbourg, França

Doutor em Planejamento de Recursos Hídricos – Université Strasbourg, França

Pós-Doutorado – Stanford University, Califórnia, EUA

Livre-Docente – Instituto de Geociências da USP

Professor Titular do Depto. de Geologia Econômica e Aplicada do Instituto de Geociências da USP

Professor Emérito pela Universidade de São Paulo (2006)

Prêmio FCW de Ciência Aplicada à Água (2006)

Pesquisador Associado do Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas (Cepas) do IG/USP, do qual foi fundador e diretor

Consultor de instituições públicas e privadas, empresas e organismos internacionais

Foi Fundador e Presidente da Associação Latino-Americana de Hidrologia para o Desenvolvimento e da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Linhas de pesquisa:

Hidrogeologia

Gestão Ativa de Aquíferos

Planejamento de Recursos Hídricos

Hidrogeologia Ambiental

 

José Galizia Tundisi

Bacharel e Licenciado em História Natural – Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP

Mestre em Oceanografia – University of Southampton, Inglaterra

Doutor em Ciências – USP

Livre-Docente em Ecologia – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – USP

Presidente da Associação Instituto Internacional de Ecologia e Gerenciamento Ambiental

Presidente Honorário do Instituto Internacional de Ecologia

Conselho de Administração do Instituto de Desenvolvimento Sustentável de Mamirauá

Foi Vice-Presidente da International Union of Biological Sciences e da International Network on Water Environment and Health

Foi Vice-Presidente do International Lake Environment Committee (Japão)

Foi Membro Steering Committee: Millenium Assessment. World Resources Institute - Washington D.C.

Comitê Científico International Lake Environment Committee – Comitê Científico. Otsu (Japão)

Professor Honorário do Instituto de Estudos Avançados da USP

Professor-Adjunto e Professor Titular – Depto. de Ciências Biológicas, UFSCar

Professor Titular da USP

Foi Diretor do Centro de Recursos Hídricos e Ecologia Aplicada, EESC-USP

Foi Presidente do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Secretário Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de São Carlos – SP

Vice-Presidente do International Council of Scientific Unions

Presidente da Comissão de Avaliação dos Institutos de Pesquisa do Ministério de Ciência e Tecnologia – Brasil

350 trabalhos e 35 livros publicados e editados

Linhas de pesquisa:

         Produção Primária de Fitoplâncton em Rios, Reservatórios, Lagos Naturais, Estuários

         Ciclos Biogeoquímicos em Ecossistemas Aquáticos

         Interações Sistema Terrestre/Sistema Aquático

         Recuperação de Represas

         Planejamento Regional Baseado em Recursos Hídricos

         Integração de Princípios Ecológicos Básicos no Planejamento Regional

Estudos Estratégicos sobre Distribuição, Uso e Alocação de Recursos Hídricos

 

Autores:

Aldo da Cunha Rebouças; Ailton de Mesquita Vieira; Antônio Eduardo C. Peres; Antonio Eduardo Leão Lanna; Antônio Félix Domingues; Antonio Ostrensky; Benedito Braga; Carlos Eduardo Morelli Tucci; Cid Tomanik Pompeu; Dilma S. Pena; Dirceu D’Alkmin Telles; Donato Seiji Abe; Eneas Salati; Eneida Salati; Fernando Starling; Gil Anderi da Silva; Gilda Collet Bruna; Haroldo Mattos de Lemos;  Ivanildo Hespanhol; Jerson Kelman; Joaquim C. G. Gondim Filho; Jorge Rubio; José A. Marengo; José Galizia Tundisi; José Roberto Borghetti; Luiz Alexandre Kulay; Maria José G. Salum; Mario Veiga Ferraz Pereira; Monica Porto; Odete Rocha; Paulo Roberto de Holanda Sales; Pedro Leite da Silva Dias; Renato da Silva Queiroz; Rodrigo Flecha; Samuel Murgel Branco; Sandra M. F. O. Azevedo; Sergio Rocha Santos; Takako Matsumura Tundisi; Tristão Alencar Araripe Neto; Vicente de Paulo Pereira Barbosa Vieira e Virginia Sampaio Teixeira Ciminelli.

DEIXE SUA OPINIÃO

Deixe seu comentário sobre o produto

Este produto não foi comentado ainda. Seja o primeiro a comentar sobre este produto!